TikTok é obrigado por Trump a vender o seu negócio nos EUA

168 0
tiktok
sapmogo-mobile-2.gif

A tensão na relação entre o TikTok e o presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, já não é nova. O politico já tinha referido anteriormente que tencionava proibir a aplicação no país que governa, e agora deu um passo que poderá convergir nesse sentido.

Trump assinou uma ordem executiva que dá à ByteDance, a proprietária do TikTok, 90 dias para vender toda a sua participação nos Estados Unidos. Mais uma vez, alega motivos de segurança para justificar este ultimato. A sua administração chega mesmo a dizer que possui evidências credíveis que a ByteDance “pode tomar medidas que ameacem prejudicar a segurança nacional dos Estados Unidos”.

Caso esta ordem não seja cumprida, o TikTok será mesmo bloqueado no país. De referir que não é possível interpor recurso desta decisão, e que a mesma obriga não só à venda de todos os ativos mas também à eliminação dos dados guardados que digam respeito a cidadãos americanos.

tiktok

Em abono da verdade, o TikTok estava já com os dias contados nos Estados Unidos, pois já tinha sido anteriormente avançado um prazo de 45 dias para a aplicação encerrar a atividade no país. Esta nova ordem vem dar um novo fôlego à ByteDance, que assim passa a possuir 90 dias para arranjar um comprador e concluir todas as burocracias, de forma a continuar presente neste mercado com cerca de cem milhões de utilizadores.

A Microsoft já tornou pública a sua intenção de adquirir o TikTok nos EUA, e o Twitter também já demonstrou interesse nesse sentido. Resta-nos aguardar para saber qual será a posição e a decisão que serão tomadas pela ByteDance.

Pedro Alves

Pedro Alves

Entusiasta por tecnologia, está sempre em busca de nova informação. Amante de animais, da Lego e de Fórmula 1. Conduzir ao som de uma boa banda sonora faz parte dos seus momentos de descompressão.

Deixe uma resposta