Mac M1 corre o Windows 10 mais rápido que o Surface Pro X

1355 0
Mac M1 corre o Windows
sapmogo-mobile-2.gif

Os novos processadores da Apple, os Silicon, têm surpreendido muito pela positiva o universo tecnológico. Outra prova disso, é novo Mac equipado com o novo processador Apple Silicon M1 que corre o Windows 10 mais rápido que o Surface Pro X.

Embora estejamos a falar da versão Windows on ARM, e não x86, tenha em conta que o Windows foi executado virtualmente, ou seja, foi emulado através da plataforma QUEMU. Apesar do Apple Silicon executar uma versão virtualizada do Windows on ARM, ainda assim conseguiu um desempenho melhor que o um Microsoft Surface Pro X executando o Windows 10 nativamente. Em teoria o sistema operativo Windows deveria ter um desempenho superior quando instalado nativamente, a não virtualizado. Não foi assim neste caso específico, e o Mac levou a melhor no desempenho mesmo executando uma versão do Windows numa máquina virtual.

De acordo com os resultados do Geekbench, o Windows on ARM num Mac com o processador M1 corre mais rápido do que no Surface Pro X da Microsoft. A versão do Windows executada virtualmente no Mac M1 teve uma pontuação single-core de 1288 e uma pontuação multi-core de 5449. Dessa forma a pontuação obtida no Mac aniquila a pontuação single-core de 765 e multi-core de 3014 obtida pelo Surface Pro X.

Mac M1 corre o Windows

A primeira geração do Apple Silicon M1 já consegue superar em performance e eficiência energética alguns chips da 11ª e última geração da Intel, a saber, a linha Tiger Lake. Ao contrário dos Macs com arquitetura Intel, o Apple Silicon M1 não oferece suporte ao utilitário Boot Camp, que dá a possibilidade aos utilizadores de executarem o Windows nativamente no Mac, sem recorrer à virtualização ou emulação.

Alexander Garf, o desenvolvedor responsável da proeza bem sucedida em executar o Windows 10 no Mac com o Apple Silicon M1, avisa que o projeto ainda está nos estágios iniciais e que alguns percalços podem aparecer aos utilizadores que se aventurarem a fazer o mesmo que ele.

A solução ideal era os utilizadores conseguirem instalar o Windows 10 nativamente nos Macs com M1 à semelhança do que acontecia com os Macs Intel. Mas como disse Craig Federighi, o vice-presidente sénior de Engenharia de Software da Apple, a decisão de trazer o Windows para a arquitetura Apple Silicon é uma decisão da Microsoft e não da Apple.

Continue a acompanhar toda a atualidade tecnológica mais relevante aqui no Life Patch e através das nossas redes sociais, FacebookTwitter e Instagram.

Samuel Pinto

Samuel Pinto

Nascido na belíssima cidade berço, tem como preocupação a relação entre o Homem e a tecnologia. “O problema não é se as máquinas pensam, mas se os homens o fazem” - Skinner

Deixe uma resposta