Huawei poderá pré-instalar 70 apps nos seus smartphones

752 0

A Huawei não está atualmente com boas relações com a Google… Para colmatar esse facto, a marca chinesa pondera adotar uma solução, no mínimo, caricata…

A guerra entre os Estados Unidos, na pessoa do seu presidente Donald Trump, e a Huawei não é nova e tem feito correr tinta um pouco por todo o mundo nos últimos meses. A proibição das empresas americanas (onde se inclui a Google) em negociar com a Huawei está a prejudicar a gigante chinesa, que tem procurado por todos os meios arranjar soluções para, mesmo assim, se manter competitiva no mercado.

Os novos flagships P40 e P40 Pro estão prestes a ser lançados, e com certeza não terão instalada nenhuma aplicação da Google, à semelhança do que acontece com o Mate 30 Pro. No entanto, tal não significa que não seja possível instalar aplicações Android nestes smartphones…

A solução encontrada foi esta…

Segundo uma fonte, a Huawei planeia pré-instalar nos seus futuros smartphones 70 (!) das aplicações Android mais populares. Dada a ausência da Google Play Store nestes dispositivos, os utilizadores são obrigados a recorrer a APKs externos para instalar as suas apps. Esta estratégia da Huawei, a confirmar-se, irá acelerar este processo e ajudar os novos clientes a ter o seu smartphone totalmente funcional de uma forma muito mais rápida, praticamente out of the box.

Em teoria, este plano pode resultar. Se as apps mais comuns e procuradas já existirem no smartphone quando ele é ligado pela primeira vez, o utilizador não terá de as procurar nem instalar pelos seus próprios meios. No entanto, há que ter em conta outro aspeto: os Google Play Services também não estarão presentes nos futuros Huawei, e grande parte das aplicações precisa destes serviços para funcionar corretamente…

A mesma fonte refere que a escolha das aplicações a pré-instalar irá variar de região para região, pelo que não é possível saber de momento de que aplicações estamos a falar, embora seja fácil de adivinhar o nome de grande parte delas.

Já tínhamos noticiado aqui um exemplo da forma como a Huawei está a trabalhar nos seus próprios serviços e aplicações. Irá a marca chinesa conseguir manter a sua cota de mercado quando todos os seus smartphones estiverem desprovidos de tudo o que é da Google? Fique atento ao Life Patch para saber!

Pedro Alves

Pedro Alves

Entusiasta por tecnologia, está sempre em busca de nova informação. Amante de animais, da Lego e de Fórmula 1. Conduzir ao som de uma boa banda sonora faz parte dos seus momentos de descompressão.

Deixe um comentário