Huawei Mate 40: Linha topo de gama com muitas novidades!

498 0
Huawei Mate 40 Pro
sapmogo-mobile-2.gif

Os novos Huawei Mate 40, Mate 40 Pro, Pro+ e RS foram apresentados oficialmente esta quinta-feira em evento online pela gigante tecnológica chinesa. Os novos topo de gama da Huawei são agora os smartphones com melhor performance no seio da empresa, estreando o processador Kirin 9000, da HiSilicon, o primeiro System-on-Chip com microarquitetura de 5nm em dispositivos Android.

Sendo um smartphone Huawei, há o habitual grande foco nas capacidades fotográficas, bem como um design e construção premium, sem deixar de lado um software optimizado para a eficiência energética e cada vez mais envolvido os serviços móveis Huawei e na AppGallery. Vamos então conhecer os novos equipamentos.

Huawei Mate 40 Pro e Pro+: O ‘all-in’ que se esperava

A Huawei trouxe quatro equipamentos distintos ao mercado e aqui começamos pelas versões Pro e Pro+, as mais idênticas entre si. Estes dois smartphones trazem consigo tudo o que a Huawei tem para oferecer a mercado, a começar por um design bastante premium.

A construção em vidro atrás e à frente combina-se com uma estrutura em alumínio para uma boa solidez e sensação de toque. A gigante chinesa afirma que a versão Pro+ beneficia ainda de uma cobertura em cerâmica que ajuda a proteger o painel traseiro, especialmente no que toca a quedas. O vidro estará especialmente exposto com a curvatura das laterais, que continua a ser uma aposta da Huawei.

Há diferenças a apontar face ao Mate 30 Pro, com a “sobrancelha” que aloja as câmaras frontais a desaparecer, dando lugar a um recorte bem ao estilo do P40 Pro, situado no canto superior esquerdo do ecrã. E por falar em ecrã, este trata-se de uma tela OLED de 6,76 polegadas e resolução Quad HD+, que beneficia ainda de uma taxa de atualização de 90Hz.

Para além da nova disposição das câmaras frontais, também atrás temos um novo módulo para as câmaras. Apesar de manter o seu aspeto circular, passa agora a ter a forma de um anel, que contém os quatro sensores fotográficos, bem como o flash.

Huawei Mate 40 Pro

Tocando no assunto das câmaras, esta é uma área onde a Huawei não brinca em serviço. Mais uma vez, a colaboração com a Leica vem apresentar resultados impressionantes e para tal temos um sensor principal de 50MP com dimensão 1/1.28″ e abertura f/1.9. Este sensor recorre ao pixel-binning para obter uma melhor qualidade fotográfica, beneficiando de estabilização ótica de imagem e autofocagem omnidimensional.

Os outros três sensores tratam-se de uma grande-angular de 20MP, de um sensor de profundidade TOF 3D e de uma câmara de 12MP com periscópio que atinge um zoom ótico de 5x no Mate 40 Pro. O Mate 40 Pro+ substitui este último sensor por um ainda mais capaz, com apenas 8MP e abertura f/3.4, capaz de zoom ótico 10x, adicionando ainda esta versão um quinto sensor, de 12MP com ampliação 3x, para fotografia telephoto intermédia.

Não podemos ainda assim esquecer os sensores frontais. Estes são liderados por uma câmara principal de 13MP capaz de gravar video em 4K, sendo acompanhada por um sensor de profundidade TOF 3D, que permite o desbloqueio facial mais preciso e seguro na plataforma Android.

Kirin 9000

Para além de excelentes capacidades fotográficas, os novos Huawei Mate 40 Pro são equipados pelo novo processador da HiSilicon, o Kirin 9000, que é o primeiro processador de 5nm a equipar um smatphone Android no mercado. Este processador apresenta uma performance 10% superior face à concorrência, segundo a Huawei e possui grande poderio gráfico graças à GPU de 24 núcleos Mali-G78 MP24.

O processador será acompanhado por 8 ou 12GB de RAM, com opções de armazenamento de 256 e 512GB, sendo ainda alimentado por uma bateria de 4400mAh. Apesar da grande eficiência dos smartphones Huawei, o Mate 40 Pro beneficia de um sistema de carregamento rápido de 66W por cabo e é ainda capaz de carregamento rápido sem fios.

  • Huawei Mate 40 Pro
  • Huawei Mate 40 Pro

O Huawei Mate 40 Pro e Pro+ vêm recheados de características interessantes, Estes mantém o carregamento reversível sem fios e possuem certificação IP 68, com resistência a água e pó. Mais ainda, possuem conectividade 5G, Wi-Fi 6, NFC, Bluetooth 5.2 e um emissor de infravermelhos, uma lista de fazer inveja à concorrência. Há ainda suporte para a Huawei M Pen 2, a stylus da Huawei que passa agora a ser utilizável nesta gama.

Para além do desbloqueio facial, este terminais possuem ainda um leitor de impressões digitais embutido no ecrã e um sistema Eye On Display, que deteta quando o utilizador está a olhar para o terminal, despertando o ecrã. A Huawei muniu os novos Mate 40 com um novo sistema de gestos que vem ajudar a navegar na EMUI 11, o sensor TOF 3D frontal. Estes terminais chegam ao mercado com o Android 10 mas sem Play Store e serviços Google, sendo substituídos pela AppGallery e serviços Huawei, respetivamente.

O Huawei Mate 40 Pro estará disponível na Europa apenas na configuração de 8GB+256GB com um preço a começar nos 1200 euros, com as cores Preto, Prateado e Branco e ainda opções com a traseira em couro, nas cores Cinza e Amarelo.

Já o Mate 40 Pro+, com o seu painel traseiro em cerâmica, possui apenas duas cores: Ceramic White e Ceramic Black. Este dispositivo ascenderá aos 1400 euros de preço inicial e chega na configuração de 12GB+256GB.

Huawei Mate 40 Pro+

Huawei Mate40, a versão “normal”

A versão “não-pro” do Mate 40 tem alguns downgrades face às restantes, mas não deixa de ser uma opção muito interessante. Este dispositivo possui um ecrã menor de 6,5 polegadas, mantendo a tecnologia OLED e a taxa de atualização de 90Hz, com sensibilidade ao toque 240Hz. Ainda assim, a curvatura das laterais é menor, com um ângulo de 68º na curva.

O aspeto deste smartphone é semelhante às suas versões Pro, mas denota-se a presença de um recorte para câmara frontal menor, que incorpora apenas um sensor fotográfico de 13MP. Já atrás, as versões são idênticas no seu aspeto, mas as câmaras são ligeiramente menos capazes.

Huawei Mate 40

Apesar de se manter o sensor principal de 50MP, as câmaras que o acompanham não apresentam a mesma qualidade que as das versões Pro. Assim, temos uma grande-angular de 16MP e uma câmara telephoto 3x de 8MP.

O Huawei Mate 40 vem equipado com um processador Kirin 9000E, que mantém o mesmo CPU do Kirin 9000, mas com um processador gráfico de “apenas” 22 núcleos. Este processador será acompanhado por 8GB de RAM e 128GB de memória interna.

Huawei Mate 40

Outro grande diferenciador face às versões Pro é a bateria de menor capacidade, com 4200mAh, e carregamento rápido de “apenas” 40W. Este smartphone corre de fábrica o Android 10 com a EMUI 11, perdendo a capacidade de gestos das versões Pro devido à falta do sensor TOF 3D.

O Huawei Mate 40 terá um preço a começar nos 899 euros, mas ainda não há data oficial de chegada ao mercado.

Porsche Design: Um Mate 40 exclusivo

Para terminar, a Huawei voltou a colaborar com a Porsche Design para oferecer uma versão exclusiva do seu novo topo de gama. Trata-se do Huawei Mate 40 RS, que chega ao mercado com um preço extra-premium de 2300 euros.

Huawei Mate 40 RS Porsche Design

Este dispositivo recebe a melhor configuração de 12GB de RAM e 512GB de memória interna, mas distingue-se mais pelo seu design no painel traseiro, que possui uma faixa vertical onde está inscrita a marca de luxo. Para além disto, o módulo de câmaras igual ao Pro+ tem agora forma de octógono e mantém o material em cerâmica, com as cores Ceramic White e Ceramic Black.

Pode rever a apresentação oficial dos novos produtos Huawei no vídeo abaixo. Siga toda a atualidade tecnológica no Life Patch através das redes sociais.

Eduardo Silva

Eduardo Silva

Jurista, Advogado e Tech Blogger, com gosto infinito por tecnologia e automobilismo. Comummente encontrado também em festivais de música na zona Norte de Portugal.

Deixe uma resposta