Galaxy Z Fold2 oficializado com novos ecrãs e desempenho de topo

343 0
Galaxy Z Fold2
sapmogo-mobile-2.gif

No passado mês de agosto ficamos a conhecer alguns dos pormenores do novo Galaxy Z Fold2 durante o Samsung Galaxy Unpacked, tendo a empresa sul-coreana marcado para o dia 1 de setembro o lançamento oficial deste dispositivo. Assim, ficamos a conhecer esta terça-feira o novo smartphone dobrável da Samsung, sendo o segundo da linhagem Galaxy Z Fold.

O novo Galaxy Z Fold2 supera o seu antecessor em tudo, como seria de esperar. A evolução a nível de design e ecrã é notória, com uma construção bastante mais sólida. Para além disto, o terminal integra as melhores componentes interna que se pode esperar em 2020, com potência ao nível do Galaxy Note20. Vamos então conhecer o novo Z Fold2.

O Galaxy Z Fold2 melhora todos os aspetos a nível de construção e design

A construção deste terminal mantém grande foco no vidro e no alumínio, como seria de esperar. Este terminal é bastante mais sólido que o seu antecessor, mas grande parte dessa solidez parte precisamente das dobradiças melhoradas e que inspiram um novo nível de confiança.

A Samsung nomeia estas como dobradiças Hideaway e o trabalho das mesmas em conjunto com a tela principal é notável, podendo o smartphone estar totalmente fechado ou totalmente aberto, ou até manter-se aberto parcialmente, em ângulos de 75º a 115º de inclinação. E para impedir a acumulação de lixo, há uma frincha mais reduzida e com um pequeno mecanismo que previne a entrada de pó.

Fonte: Samsung

O Galaxy Z Fold2 pode ser configurado nas cores Mystic Black e Mystic Bronze, sendo possível em alguns mercados personalizar a dobradiça numa cor diferente da cor do smartphone, com opções Metallic Silver, Metallic Gold, Metallic Red e Metallic Blue.

O destaque no design deste terminal vai sem dúvida para os seus ecrãs. Começando pelo principal, trata-se de uma tela de 7.6 polegadas Dynamic AMOLED 22.5:18, resolução 2208x1768p e taxa de atualização 120Hz adaptativa. Este ecrã utiliza um vidro intitulado Ultra Thin Glass (UTG), que permite a dobragem do mesmo em vários ângulos, não recorrendo a plástico.

  • Galaxy Z Fold2
  • Galaxy Z Fold2
  • Galaxy Z Fold2
  • Galaxy Z Fold2

Já o ecrã exterior é uma tela menor de 6.2 polegadas Super AMOLED, mas ainda assim bem maior que a tela de 4.6 polegadas que o ecrã exterior do Galaxy Z Fold. O novo ecrã de 6.2 polegadas cobre agora toda a parte frontal, com uma resolução de 2260x816p e proporções verticais 25:9.

A Samsung trabalhou bem o desenvolvimento deste terminal a nível de hardware e software, com o Flex Mode a permitir a várias aplicações como a Câmara, Calendário, Galeria ou aplicações de parceiros como o YouTube a estarem preparados para se adaptarem ao grande ecrã dobrável neste modo de utilização.

Topo de gama por dentro e por fora

O Galaxy Z Fold2 está equipado com o processador Snapdragon 865+, acompanhado por 12GB de RAM LPDDR5. Há duas opções de armazenamento UFS 3.1, de 256GB e 512GB. O terminal está equipado com uma bateria de 4500mAh e beneficia de carregamento rápido 25W, assim como carregamento sem fios.

Graças ao seu processador topo de gama Qualcomm, o Galaxy Z Fold2 beneficia de conectividade 5G. Pode ainda conectar-se a outros dispositivos através de Bluetooth 5.1 ou NFC.

Já no departamento das câmaras, há a inclusão de duas câmaras de selfies de 10MP 1.12µm e abertura f/2.2, estando uma localizada no ecrã exterior, enquanto que a segunda está localizada à direita no ecrã principal. Já o módulo de câmaras principal inclui um sensor de 12MP com dual-pixel autofocus e estabilização ótica de imagem, sendo acompanhado por uma câmara telephoto e uma grande-angular, ambas também com 12MP de resolução máxima.

Preço e disponibilidade

As pré-vendas para o Galaxy Z Fold2 começam hoje, com as vendas oficiais a começarem no próximo dia 18 de setembro. O preço da versão base situa-se nos 1999 euros, sendo 100 euros mais barato que o primeiro Z Fold, mas trazendo metade do armazenamento deste último, já que o novo Z Fold2 possui uma versão de 256GB de memória interna.

Será interessante acompanhar a reação do mercado a este tipo de smartphones. O seu preço continua a ser um entrave para muitos compradores, mas as melhorias na qualidade de construção podem fazer este valor ser justificável para alguns fãs de tecnologia de ponta.

Para além do público algo, também será interessante acompanhar a resposta de outras empresas. LG, Huawei e Microsoft têm apresentado propostas dual-screen, mas que ainda não se aproximam à qualidade do ecrã dobrável da Samsung, pelo que será interessante acompanhar a resposta que várias marcas poderão dar ao novo topo de gama da empresa sul-coreana.

Entretanto, pode rever a apresentação oficial do Galaxy Z Fold2 na integra no vídeo abaixo.

Siga toda a atualidade tecnológica no Life Patch através das redes sociais.


Fonte: Samsung

Eduardo Silva

Eduardo Silva

Jurista, Advogado e Tech Blogger, com gosto infinito por tecnologia e automobilismo. Comummente encontrado também em festivais de música na zona Norte de Portugal.

Deixe uma resposta