Galaxy Z Fold 2 surpreende em teste de resistência

330 0
Galaxy Z Fold 2 jerryrigeverything
sapmogo-mobile-2.gif

O Galaxy Z Fold 2 é o mais recente smartphone dobrável da Samsung e mantém-se como um dos melhores dispositivos no mercado com esta capacidade. Segundo a Samsung, a sua construção melhorou bastante face à versão anterior e não tardou até que isso fosse posto à prova.

Zack Nelson, do canal JerryRigEverything, aplicou os seus famosos testes de resistência ao Galaxy Z Fold 2, obtendo resultados bastante interessantes. O autor do vídeo e dono do canal expôs o smartphone aos habituais riscos no ecrã e na estrutura, expôs os ecrãs a altas temperaturas e tentou dobrar o smartphone, tendo ainda acrescentado um novo teste ao isolamento do dispositivo.

Começando pelos habituais riscos, não houve surpresas ao constatar que o ecrã exterior, apesar de utilizar Gorilla Glass Victus, mantém os mesmos níveis de resistência ao metal que a restante linha da Corning e qualquer ecrã em vidro. O restante corpo do Z Fold 2 é em alumínio, com as laterais a serem arranhadas vigorosamente até serem danificadas.

Um dos pontos de maior curiosidade será o ecrã interior. Devido à sua habilidade para ser dobrado, a sua composição não poderá ser semelhante à de um ecrã normal, tendo a Samsung recorrido ao plástico na primeira versão e, nesta segunda edição, ao Ultra Thin Glass. Ainda assim, a Samsung não deixa de recorrer a uma camada em plástico que, em conjunto com a película protetora externa, mantém a consistência do ecrã, que não deixa de ser frágil.

Galaxy Z Fold 2
Imagem: JerryRigEverything

O habitual teste de calor que Zack Nelson utiliza nos ecrãs foi colocado em prática para o ecrã exterior que, sem grandes surpresas, resistiu alguns segundos até registar uma mancha branca, característica de pixeis queimados em ecrãs AMOLED. O mesmo aconteceu com o ecrã interior, com o plástico que o sobrepõe a derreter ligeiramente.

Há algumas criticas a fazer relativamente ao leitor de impressões digitais montado na lateral do dispositivo. O sensor biométrico teve grandes dificuldades em reconhecer a impressão digital quando o dedo está ligeiramente sujo, passando a tornar-se inutilizável com apenas alguns riscos.

A boa surpresa destes testes vai, no entanto, para o excelente trabalho da Samsung na construção das dobradiças. Em primeiro lugar, Zack Nelson colocou à prova a sua resistência a terra e pó, sendo possível ver no vídeo que a parte dobrável não absorve qualquer agente externo que o possa comprometer.

E para além disto, no habitual teste de pressão, o autor do vídeo tentou dobrar o Galaxy Z Fold 2 pela sua parte traseira, colocando grande pressão nas dobradiças, que não cederam de maneira nenhuma, o que é de si um atestado à solidez desde dispositivo e concluindo o teste com um resultado bastante positivo.

Será o Galaxy Z Fold 2 um smartphone sólido o suficiente para o dia-a-dia? Deixe nos comentários a sua opinião e descubra tudo sobre este smartphone no Life Patch.


Fonte: JerryRigEverything (Zack Nelson)

Eduardo Silva

Eduardo Silva

Jurista, Advogado e Tech Blogger, com gosto infinito por tecnologia e automobilismo. Comummente encontrado também em festivais de música na zona Norte de Portugal.

Deixe uma resposta