Crash Bandicoot: On the Run! o marsupial já rodopia no Android e iOS

411 0
Crash Bandicoot: On the Run!
sapmogo-mobile-2.gif

Há 25 anos nascia um ícone no mundo dos videojogos para as consolas tradicionais, a amada franquia Crash Bandicoot. Volvidos 25 anos, o clássico Crash resolveu rodopiar para o mundo mobile chegando às plataformas Android, iOS e iPadOS com o jogo Crash Bandicoot: On the Run!

Crash Bandicoot é daqueles jogos que fez as delícias de muitos adolescentes a partir da segunda metade dos anos 90. Originalmente desenvolvido pela prestigiada Naugthy Dog para a PlayStation original, a franquia já é considerada como uma das séries de videojogos mais vendidas de sempre com números a apontar para quase 57 milhões de cópias vendidas em todo o mundo. O auge da série ocorreu desde 1996 aquando do lançamento do Crash Bandicoot original, até ao final da década de 90.

Ao longo dos anos 2000 a série acabaria por cair no esquecimento, em especial depois do lançamento das PlayStation 2 e 3. Mas a série acabaria por renascer das cinzas em 2017 com a remasterização dos três primeiros clássicos do Crash Bandicoot. Em 2019 a Activision publicou o Crash Team Racing Nitro-Fueled, basicamente a recriação do primeiro jogo de corrida da série, lançado originalmente no fim de 1999. Em Outubro de 2020, Crash Bandicoot 4: It’s About Time foi lançado para a PlayStation 4 e Xbox One. Durante este mês chegará à PlayStation 5, Xbox Series X/S, Nintendo Switch e Windows, com críticas positivas por parte dos especialistas.

Mas não só de consolas vivem os jogos, sendo o mobile o alvo mais recente da editora Activision. Desenvolvido pela King, Crash Bandicoot: On the Run! aterra nos dispositivos móveis com a promessa de divertir não só os mais novos que nunca tiveram acesso ao clássicos dos anos 90, mas também aqueles que cresceram a jogar Crash nos anos 90.

Crash Bandicoot: On the Run!

Crash Bandicoot: On the Run!- um clássico no mobile?

Crash Bandicoot: On the Run! segue a mesma lógica de outros jogos mobile como Subway Surfers, Lara Croft: Relic Run ou Temple Run. No entanto, foi buscar elementos aos jogos clássicos que ajudam a prender os jogadores mais puristas da série. Os personagens jogáveis como o Crash ou a sua maninha Coco Bandicoot, correm automaticamente e o jogador só tem que se desviar ou deslizar de obstáculos, saltar e rodopiar para eliminar inimigos.

Além disso o jogador terá acesso a vários laboratórios onde terá de criar itens e armas antes de avançar para a aventura. Só dessa forma é que consegue derrotar os bosses no fim de cada aventura. À medida que vai avançando, terá que reparar laboratórios para se preparar para novos desafios.

A personalização das personagens em Crash Bandicoot: On the Run! não foi deixada ao acaso e há algumas skins para modificar o visual tanto do Crash, como da Coco. O jogo é composto por diversas ilhas, onde só serão desbloqueadas quando coletar certos e determinados itens. Embora o jogo seja gratuito para Android, iOS e iPadOS, a verdade é que muitos itens só podem ser adquiridos com compras dentro da aplicação (in-app purchases).

Não é um jogo mobile revolucionário, contudo é suficientemente bom para prender ao ecrã jogadores mais casuais, e eventualmente até os jogadores mais nostálgicos que cresceram com a mascote Crash Bandicoot lá nos fins dos anos 90. Poderá descarregar o Crash Bandicoot: On the Run! na Apple App Store e na Google Play Store.

Continue a acompanhar toda a atualidade tecnológica mais relevante aqui no Life Patch e através das nossas redes sociais, FacebookTwitter e Instagram. Veja também as dicas que o LifePatch tem para si nesta página dedicada.

Samuel Pinto

Samuel Pinto

Nascido na belíssima cidade berço, tem como preocupação a relação entre o Homem e a tecnologia. “O problema não é se as máquinas pensam, mas se os homens o fazem” - Skinner

Deixe uma resposta