AirMusic: uma espécie de AirPlay da Apple para o seu Android

184 0
AirMusic
sapmogo-mobile-2.gif

O ecossistema da Apple, é efetivamente um grande trunfo que a empresa sediada em Cupertino dispõe para “viciar” os seus utilizadores nos seus produtos. Um exemplo disso, é o protocolo de comunicação AirPlay que permite a projeção de ecrã sem fios em dispositivos compatíveis, mas que infelizmente não está disponível para equipamentos Android. No entanto, um desenvolvedor foi capaz de criar uma aplicação para Android que poderá colmatar a falta do AirPlay da Apple no Android. A app AirMusic tem como objetivo trazer para o universo Android uma experiência semelhante ao AirPlay, contudo não é para todos e há ressalvas importantes a serem feitas.

O AirMusic permite que transmita o som de qualquer aplicação Android para equipamentos recetores com AirPlay como, a Apple TV 4K, ou HomePod. As smart TVs com o protocolo DLNA também recebem o som do seu equipamento Android com recurso à app AirMusic. O AirMusic também suporta o Fire TV da Amazon, o Google Cast via Chromecast, Roku, Sonos, Qualcomm AllPlay e Samsung Multiroom. Eu testei o AirMusic para Android numa Apple TV 4K e numa smart TV Panasonic e funcionou muito bem.

A ressalva que é importante o leitor saber acerca do AirMusic, é que ele só funciona com o Android 10 ou superior, a não ser que tenha Root no seu dispositivo Android. Além disso, apenas o som ou música de aplicações compatíveis com as tecnologias supracitadas, é que podem ser reproduzidas com recurso ao AirMusic. Segundo a descrição do programador na Play Store, alguns serviços como o Deezer, Amazon Music, YouTube Music e TuneIn podem ser reproduzidos com recurso ao AirMusic. O Spotify pode ser reproduzido, mas através dum navegador que suporte a reprodução de som.

Para versões anteriores ao Android 10, será necessário o dispositivo Android ter Root. No caso de ter efetuado Root ao seu equipamento Android, independentemente da sua versão, saiba que a experiência de utilização do AirMusic é elevada a outro nível. Com um dispositivo Android rooteado, todo o som reproduzido por qualquer app ou jogo, pode ser transmitido para equipamentos com suporte às tecnologias já mencionadas acima.

Como configurar o AirMusic no Android

  • Em primeiro lugar é necessário descarregar o AirMusic da Google Play Store.
  • Depois de abrir a app, vá à aba Settings e toque em General settings.
  • Aqui terá duas opões disponíveis. Se o seu dispositivo Android possui root, definitivamente a melhor opção é Via Root: All internal audio (recommended). Esta opção permite transmitir todo o audio do seu Android e não apenas o áudio de algumas apps compatíveis.
  • Se o seu equipamento não possuir Root, então a opção Native recording (experimental) é a que fará com que as apps compatíveis reproduzam o som nos equipamento com as tecnologias já mencionadas. É esta opção que requer o Android 10 ou superior.
  • Feita a configuração, vá à aba Receivers e veja quais os dispositivos disponíveis para transmitir o som do seu Android.

A primeira vez que se conectar a algum dispositivo recetor como por exemplo uma smart TV ou uma Apple TV, será pedida uma solicitação para dar permissão a todas as notificações da app AirMusic. É opcional, mas é recomendado. Terminado este processo, a app já está pronta para transmitir o som para os aparelhos compatíveis.

AirMusic
AirMusic a reproduzir o som dum dispositivo Android numa smart TV Panasonic
AirMusic
AirMusic a reproduzir o som dum dispositivo Android numa Apple TV 4K

Se não tiver Root no seu dispositivo Android certifique-se que tem o Android 10 ou superior instalado. Depois abra as suas apps de música preferidas e veja quais são as que funcionam ou não com o AirMusic. Se porventura o seu dispositivo possuir root, então usufrua do som de qualquer aplicação e do equipamento Android em geral.

A aplicação AirMusic está disponível gratuitamente na Play Store com uma versão de avaliação e uma versão pro. A avaliação gratuita permite utilizar 10 minutos de transmissão audio do seu Android para dispositivos compatíveis. Após os 10 minutos terminados, sons esquisitos serão adicionados e impedem a audição do conteúdo. Poderá sempre reiniciar a app e voltar a conectar-se. A versão pro, custa 3,99 € mas não tem nenhuma dessas limitações.

Continue a acompanhar toda a atualidade tecnológica mais relevante aqui no Life Patch e através das nossas redes sociais, FacebookTwitter e Instagram. Veja também as dicas que o LifePatch tem para si nesta página dedicada.

Samuel Pinto

Samuel Pinto

Nascido na belíssima cidade berço, tem como preocupação a relação entre o Homem e a tecnologia. “O problema não é se as máquinas pensam, mas se os homens o fazem” - Skinner

Deixe uma resposta